Visconde da Penha e Marechal de Exército João Manoel da Fonseca Costa que como Tenente foi Ajudante de Ordens de Caxias, na Guerra contra Oribe e Rosas, 1851-52, e como Coronel e Brigadeiro foi o Chefe do Estado Maior de Caxias na Guerra do Paraguai, 1866-1868, e para quem ele deixou em testamento a sua invicta espada de 6 campanhas que comandou, da qual o Espadim de Caxias, arma privativa dos Cadetes do Exército e cópia fiel em escala desta relíquia . Foto cedida por João Simões Lopes Filho por intermédio do acadêmico da AHIMTB Ten R/2 Eng Luiz Alberto da Costa Fernandes(D. Beto)